sábado, 27 de dezembro de 2008

O post mais tosco.

What the hell mano.Agora vou sair escrevendo aleatoreamente.
Quem nunca sentiu a sensação de não saber o que pensar,e então começar a vir vários pensamentos aleatórios: amigos,farras,amores,...Os diabos aos quatros.I hate myself.No meu pequeno período de vida fiz coisas das quais me arrependo amargamente.Coisas as quais não foram boas para outras pessoas.Coisas as quais que eu queria que apenas sumissem,evaporassem...BUM!Desaparecessem.Mas enfim,o tempo não para,e nem volta,por algum acaso do destino.A putaria toda,é que mesmo que uma maquina do tempo fosse criada,hipoteticamente só se poderia ir para o futuro.Foda né?Não poder alterar o passado...A coisa que as pessoas,inclusive eu,mais querem alterar.Que porra,o mais sacana sabe o que é?Um animal burro tentar esquecer um amor do passado (irônico) com um pseudo-amor inventado do presente.
Sabem o que eu odeio?A sociedade.A sociedade é amarga.Não,é um molho agri-doce...Experimentei recentemente e nem gostei (o molho) .Muitos gostam da sociedade,mas a sociedade é má.Graças a ela as pessoas se relacionam.PUTAQUEOPARIU,tô parecendo um Arthur da era moderna,"Sociedade é ruim,uiuiui.Não se relacione com os bípedes e assim você não vai sofrer à toa."
O negócio,sabe qualé?Tá,nem eu sei quelé o negocio.Nem EU sei,acredita caro leitor (desocupado e injuriado,por estar lendo essa merda toda) .O negócio é ir durmir macho,porque amanhã tem praia.
Abraços de alguém que vive.Mesmo que não seja intensamente,mas de alguém que vive.

2 comentários:

Hyzha disse...

Só o que eu posso dizer é: as pessoas sempre pagam pelo que faz. Se tá arrependido de algo, é porque algo errado você fez.
Mas pelo menos assim as pessoas aprendem, ficam mais espertas e têm mais chances de serem felizes. :)
Melhoras, ow beiçudo. (y) *:

MamotromicO disse...

AEAEAEAEAE POST RANDOM FTW!

Dae não adianta nada se arrepender, a não ser a decisão de não repetir a burrice. Fora isso é só um sofrimento voluntário desnecessário. Então tire proveito das merdas que fizer. Não se arrependa.

Porra cara molho agridoce É O QUE HÁ!!!

Não sei nem quem é Arthur, fikadika.

Não gosto de praia.
/Prontofaley